quarta-feira, junho 11, 2008

...às margens


" Abraço, o gesto do abraço apaixonado que parece preencher, num momento, o sonho da união total..."
Abraço... Abraço às margens do Tejo...
ou, simplesmente Abraço às margens do rio que não nos sentiu abraçar... Abraço de irmandade... de identificação... Abraço de saudade, Abraço...

2 comentários:

Iúri Umbopa* disse...

abraços é bommmmmmmmm

Marta disse...

umbapa:

"De repente deu-me vontade de um abraço...
Uma vontade de entrelaço, de proximidade..
de amizade..sei lá..
Talvez um aconchego que enfatize a vida e
amenize as dores...
Que fale sobre os amores,
que seja teimoso e ao mesmo tempo forte.
Deu-me vontade de poder a rever saudade
de um abraço.
Um abraço que eternize o tempo
e preencha todo espaço
mas que faça lembrar do carinho,
que surge devagarzinho
da magia da união dos corpos, das auras...
Lembrar do calor das mãos
acariciando as costas
a dizer..
"estou aqui."
Lembrar do trançar dos braços,
envolventes e seguros afirmando
"estou contigo"..
Lembrar da transfusão de forças
com a suavidade do momento ..
abraço...abraço...abraço...
abraço...abraço..abraço...
abraço...abraço...abraço...
abraço...abraço..abraço...
abraço...abraço...abraço...
abraço...abraço..abraço...
O que importa é a magia desse abraço!
A fusão de energia que harmoniza,
integra tudo, e que se traduz
no cosmo, no tempo e no espaço.
Só sei que agora deu-me vontade desse abraço!!
Que afaste toda e qualquer angústia.
Que desperte a lágrima da alegria,
e acalme o coração..
Que traduza a amizade,o amor e a emoção.
E para um abraço assim só pude pensar em ti...
nessa tua energia,
nessa tua sensibilidade
que sabe entender o porquê...
desta vontade deste abraço."


Vinicius Moraes