segunda-feira, janeiro 08, 2007

A Alma da Natureza


" A alma da Natureza faz-se conhecer a nós de todas as partes e sob mil formas diversas. O campo fértil, como os desertos abandonados, o mar, como as estrelas, estão submetidos às mesmas leis; o Homem encerra em si próprio sensações, alegrias ocultas, que correspondem ao dia, à noite, à tempestade: é esta aliança secreta do nosso ser com as maravilhas do Universo que dá à poesia a sua verdadeira grandeza... O poeta sabe estabelecer a unidade do mundo físico com o mundo moral; e a sua imaginação forma um laço entre um e outro"
- Madame de Stael, De L'Alemagne
escritora alemã do século XIX

1 comentário:

prof disse...

Então, Marta, quando regressas?